NOTÍCIAS

5 passos para acabar com os carrapatos

Os carrapatos representam um grande problema na criação de cães e gatos. Além da sua alta resistência, são transmissores de doenças como erliquiose em cães, e febre maculosa em humanos, enfermidades que podem levar à morte. Por isso é sempre importante ficar atento às possíveis infestações de carrapatos, utilizando métodos de prevenção e controle tanto no animal quanto no ambiente.

Ciclo biológico do carrapato

O carrapato possui quatro estágios de desenvolvimento: ovo, larva, ninfa e adulto. Em todos os estágios ele passa pelo ambiente e pelo hospedeiro, onde fica por um longo período se alimentando. Dessa forma, ao cair no ambiente e retornar para alimentação nos três estágios (larva, ninfa e adulto), o carrapato pode parasitar três animais diferentes, favorecendo a disseminação da doença.
Veja como funciona o ciclo:

img_carrapato

Quando no ambiente, o carrapato busca abrigo, normalmente próximo ao hospedeiro. Assim, é comum identificar a presença de carrapatos em frestas de paredes e pisos, e em vegetação próxima ao local de descanso do animal.

Para entender a importância do controle ambiental, é preciso conhecer o ciclo do carrapato. Portanto veja abaixo 5 passos de como evitar ou acabar com a infestação de carrapatos:

Evite contato do seu pet com animais e ambientes possivelmente infestados.
Normalmente os carrapatos do ambiente ficam na vegetação aguardando o hospedeiro. Locais onde há trânsito de animais (parques e praças), principalmente onde a vegetação é alta, devem ser evitados.

Limpe o ambiente. Carrapatos gostam de ambientes com frestas, madeiras, entulho, vegetação alta, e outros locais em que eles podem se abrigar da luz solar. É importante limpar o ambiente o máximo possível, jogando fora ou retirando de perto do animal itens que não são mais utilizados. Recomenda-se também fazer uma limpeza minuciosa com um aspirador de pó.

Dedetize o ambiente. Utilize produtos inseticidas no ambiente, preferencialmente a base de piretróides. O Cypermeit, produzido pela Vansil Saúde Animal, é à base de cipermetrina, e controla não apenas carrapatos, como também moscas e pulgas. Como em seu ciclo há fases em que eles saem do animal para muda (até se tornarem adultos), subindo novamente para alimentação, é importante focar nos locais onde o pet passa maior parte do tempo, e em todo o local suscetível ao redor, como frestas e cantos de parede próximos. É necessário retirar o animal do local a ser tratado.

Repita a dedetização após uma semana para eliminar os parasitas remanescentes. Ao aplicar o inseticida, eliminamos os carrapatos jovens e adultos. Porém os ovos continuam no ambiente, e é importante aguardar o período de eclosão (4 dias) para melhor alcance dos carrapatos restantes.

*Sempre leia a bula dos produtos utilizados. Os inseticidas em geral são produtos químicos, e exigem medidas de segurança para evitar qualquer transtorno ou intoxicação (da pessoa ou do animal). Portanto sempre siga as instruções descritas na bula para melhor eficácia, e fale com um Médico Veterinário em caso de dúvidas.

Utilize produtos repelentes no animal. É importante utilizar algum produto repelente no animal. O Citronat, também produzido pela Vansil Saúde Animal, é à base de óleo de citronela, sendo indicado no auxílio e prevenção de carrapatos, pulgas e moscas.

Trate o animal caso ele esteja infestado. Caso o cão ou gato esteja infestado (se você achou ao menos 1 carrapato nele) é necessário utilizar algum medicamento veterinário específico para eliminação de carrapatos. Hoje no mercado já existem várias opções, consulte um médico veterinário para lhe ajudar na escolha.

O auxílio de um veterinário quando ocorre o surgimento de carrapatos e pulgas é extremamente importante, pois os sintomas das doenças causadas por estes parasitas podem demorar para aparecer.

 

carrapatos  carrapatos e pulgas

Nossos produtos são testados e certificados de eficiência, qualquer dúvida que você tenha entre em contato com o departamento técnico através do sac@vansil.com.br