ENCONTRE O PRODUTO
IDEAL PARA O SEU ANIMAL

Ovinos

Mostrando 1–16 de 34 resultados

  • Agrosil 5 Mega

    Display Agrosil 5megax6unid

    DESCRIÇÃO

    O antibiótico completo Agrosil 5 Mega é a opção de antibiótico a base de penicilina e estreptomicina com uma associação anti-inflamatória de piroxicam.

    INDICAÇÕES

    Tratamento de infecções causadas por agentes bacterianos abaixo discriminados sensíveis aos princípios ativos da formulação. Bovinos: Mastite (Streptococcus sp), Edema Maligno (Clostridium septicum), Carbúnculo Sintomático (Clostridium chauvoei), Gangrena (Clostridium perfringens), Tétano (Clostridium tetani) e Hemoglobinúria (Clostridium haemolyticum). Equinos: Garrotilho (Streptococcus equi), Onfaloflebite (Staphylococcus genitalium), Artrite Supurativa (E. coli, Salmonellaspp, Actinobacillus spp), Linfangite Ulcerativa (Corynebacterium pseudotuberculosis), Pneumonia dos Potros (Corynebacterium equi), Listeriose (Listeria monocytogenes) e Septicemia dos Potros (Salmonella abortus equi). Suínos: Enterite Necrótica (Clostridium perfringens), Diarréia dos leitões (Escherichia coli), Meningite, Septicemia e Artrite (Streptococcus suis), Síndrome da Agalactia MMA (Escherichia coliStreptococcus spp e, Klebsiella spp), Erisipela (Erysipelotrix rhusiopathiae), Abcessos e infecções de ferimentos (Staphilococcus sp e Streptococcusspp). Ovinos: Artrite Infecciosa dos Cordeiros (Streptococcus genitalium), Poliartrite dos Cordeiros (Actinomyces pyogenesStreptococcus faecalis, Fusiobacterium necrophorus), Endocardite (Streptococcus pyogenes), Linfadenite Caseosa (Corynebacterium pseudotuberculosis), Listeriose (Listeria monocytogenes), Carbúnculo Sintomático (Clostridium chauvoei) e Edema Maligno (Clostridium septicum).

    FÓRMULA

    Cada frasco-ampola contém:
    Benzilpenicilina Procaína 3.750.000 UI
    Benzilpenicilina Potássica 1.250.000 UI
    Estreptomicina 2 g
    Cada ampola de diluente de 15 ml contém:
    Piroxican 150 mg
    Diluente para injeção q.s.p 15 ml
    Apresentação: 1 Frasco/Ampola contendo pó (Penicilinas+Estreptomicina) e um frasco-ampola de diluente de 15 ml (Água para injeção+Piroxican).

    MODO DE USAR

    Via de administração: Intramuscular. O produto deve ser administrado pela via intramuscular profunda. Transferir o conteúdo do diluente com o auxílio de uma seringa e homogeneizar de modo a obter uma suspensão. Obedecer às seguintes dosagens: Bovinos e Equinos: 1 ml (187.500 UI de Benzilpenicilina Procaína e 62.500 UI de Benzilpenicilina Potássica + 100 mg de Estreptomicina base) para cada 10 a 25 kg de peso, ou seja 1 frasco para 200 a 500 kg de peso, diariamente durante 3 a 5 dias, ou até o desaparecimento dos sintomas. Suínos e Ovinos: 1 ml (187.500 UI de Benzilpenicilina Procaína e 62.500 UI de Benzilpenicilina Potássica + 100 mg de Estreptomicina base) para cada 10 kg de peso, do produto reconstituído, diariamente durante 3 a 5 dias até o desaparecimento dos sintomas. Prosseguir o tratamento por mais 48 horas após o desaparecimento dos sintomas. O produto uma vez reconstituído perfaz um total de 20 ml. Utilizar o produto logo após sua reconstituição.

  • Agrosil 6 milhões

    Display Agrosil 6mil_x6unid

    DESCRIÇÃO

    Agrosil 6 milhões é a opção de antibiótico a base de penicilina e estreptomicina.

    INDICAÇÕES

    Tratamento de infecções causadas por agentes bacterianos abaixo discriminados sensíveis aos princípios ativos da formulação. Bovinos: Mastite (Streptococcus sp), Edema Maligno (Clostridium septicum), Carbúnculo Sintomático (Clostridium chauvoei), Gangrena (Clostridium perfringens), Tétano (Clostridium tetani) e Hemoglobinúria (Clostridium haemolyticum). Equinos: Garrotilho (Streptococcus equi), Onfaloflebite (Staphylococcus genitalium), Artrite Supurativa (E. coli, Salmonellaspp, Actinobacillus spp), Linfangite Ulcerativa (Corynebacterium pseudotuberculosis), Pneumonia dos Potros (Corynebacterium equi), Listeriose (Listeria monocytogenes) e Septicemia dos Potros (Salmonella abortus equi). Suínos: Enterite Necrótica (Clostridium perfringens), Diarréia dos leitões (Escherichia coli), Meningite, Septicemia e Artrite (Streptococcus suis), Síndrome da Agalactia MMA (Escherichia coliStreptococcus spp e, Klebsiella spp), Erisipela (Erysipelotrix rhusiopathiae), Abcessos e infecções de ferimentos (Staphylococcus sp e Streptococcusspp). Ovinos: Artrite Infecciosa dos Cordeiros (Streptococcus genitalium), Poliartrite dos Cordeiros (Actinomyces pyogenesStreptococcus faecalis, Fusiobacterium necrophorus), Endocardite (Streptococcus pyogenes), Linfadenite Caseosa (Corynebacterium pseudotuberculosis), Listeriose (Listeria monocytogenes), Carbúnculo Sintomático (Clostridium chauvoei) e Edema Maligno (Clostridium septicum).

    FÓRMULA

    Cada frasco-ampola contém:

    Benzilpenicilina Procaína 4.000.000,00 UI
    Benzilpenicilina Potássica 1.000.000,00 UI
    Benzilpenicilina Benzatina 1.000.000,00 UI
    Estreptomicina (sulfato) 2,00 g
    Cada ampola com diluente contém:
    Água para injeção 15 ml
    Apresentação: Caixa contendo 25 frascos/ampolas com pó (Penicilina+Estreptomicina) e 25 ampolas com diluente.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Intramuscular. Para bovinos, equinos, suínos e ovinos, administrar por via intramuscular 1 ml do produto diluído para 30 a 40 kg de peso ou um frasco para 600 a 800 kg de peso, diariamente durante 3 a 5 dias. Transferir para o frasco o conteúdo do diluente com o auxílio de uma seringa até obter uma suspensão homogênea. O tratamento deve se prolongar por mais 48 horas após o desaparecimento dos sintomas. Uma vez reconstituído o produto deverá ser consumido em no máximo 12 horas, conservado sob refrigeração. Em 1 ml de produto reconstituído temos 0,43 g de pó em suspensão, na seguinte proporção: Benzilpenicilina Procaína: 200.000 UI; Benzilpenicilina Potássica: 50.000 UI; Benzilpenicilina Benzatina: 80.000 UI; Estreptomicina (Sulfato): 134 mg. Alterações na posologia e modo de uso a critério do Médico Veterinário.

  • Alumex

    Alumex 500g copiar

    DESCRIÇÃO

    Alívio rápido para dor Para o tratamento de síndromes dolorosas em animais domésticos, o uso de uma pomada pode auxiliar muito no alívio da dor. Alumex é uma pomada que foi desenvolvida para fornecer maior eficiência no tratamento de síndromes dolorosas em animais domésticos.

    INDICAÇÕES

    Alumex é indicado como analgésico e anti-inflamatório nas síndromes dolorosas em consequência das artrites, contusões, luxações, entorses, mialgias e pisaduras nos animais domésticos.

    FÓRMULA

    Composição básica: Salicilato de Metila; Bálsamo do Peru; Cânfora; Sulfato de Alumínio e de Potássio; Óxido de Zinco e Excipiente q.s.p. Níveis de garantia por 100g do produto:

    Salicilato de Metila 4 mL
    Bálsamo do Peru 3 g
    Cânfora 5 g
    Sulfato de Alumínio e de Potássio 4,29 g
    Óxido de Zinco 10 g
    Excipiente q.s.p. 100 g
    Apresentação: Bisnaga com 30 e 100 g.

    MODO DE USAR

    Via de administração tópica. Aplicar uma fina camada e massagear suavemente, espalhando o produto em toda a área a ser tratada, duas vezes ao dia até a recuperação total. Modificações na posologia e modo de uso a critério do Médico Veterinário. Obs.: Não aplicar em ferimentos abertos.

  • Anestésico Vansil

    Capturar

    DESCRIÇÃO

    Anestésico de ação rápida O uso de anestésicos  é uma prática comum na rotina clínico-cirúrgica veterinária, administrado em animais domésticos através de aplicações subcutâneas, infiltrações musculares, perineural e epidural. Anestésico Vansil é um medicamento injetável desenvolvido para tratamentos e intervenções clínico-cirúrgicas de animais domésticos.

    INDICAÇÕES

    Anestésico Vansil é indicado para casos em que é desejável inibir a dor em uma determina região, para realização de tratamentos e intervenções clínico-cirúrgicas. Produz ação rápida e extensa anestesia regional, não sendo irritante aos tecidos, nem causando lesão às estruturas nervosas da região.

    FÓRMULA

    Composição básica: Lidocaína (Cloridrato); Epinefrina (Bitartarato) e Veículo q.s.p. Níveis de garantia por 100mL do produto:

    Lidocaina (Cloridrato) 2,0 g
    Epinefrina (Bitartarato) 2,0 mg
    Veículo q.s.p 100,0 mL
      Apresentação: Frasco-ampola contendo 50 ml.  

    MODO DE USAR

    Via de administração subcutânea, infiltrações musculares, perineural e epidural. Anestésico Vansil® deve ser administrado através de aplicações subcutâneas, infiltrações musculares, perineural e epidural após a assepsia da pele. As doses recomendadas baseiam-se na idade, estatura, estado físico do animal e velocidade de absorção sistêmica estimada no local da injeção. Deve-se usar a menor dose necessária, fracionada, para produzir os resultados desejados. – Animal de grande porte: 5,0 a 10,0 ml (Bovinos e eqüinos adultos). – Animais de médio porte: 2,5 a 5,0 ml (Cães de grande porte, potros e bezerros). – Animais de pequeno porte: 1,0 a 2,5 ml (Cães de pequeno porte, gatos e filhotes). O período de ação do Anestésico Vansil varia entre 60 e 120 minutos de acordo com o tipo de anestesia. A dose máxima permitida é de 9,0 mg de Lidocaína por kg de peso. Alterações na posologia e modo de uso a critério do Médico Veterinário.

  • Biomaster

    Biomaster 500g

    DESCRIÇÃO

      Suplementação ideal para os cascos Equinos e bovinos podem necessitar de auxílio na manutenção de seus cascos. Para isso, é importante fornecer uma suplementação de qualidade que garanta a saúde dos animais.

    INDICAÇÕES

    Biomaster tem em sua formulação os elementos essenciais para auxiliar na boa formação e desgaste natural dos cascos de equinos e bovinos.

    FÓRMULA

    Composição básica: Acido Fólico, Aroma de Baunilha, Biotina, Enxofre, DL-Metionina, L-Lisina, Óxido de Zinco e Veículo q.s.p. Níveis de garantia por kg do produto:

    Ácido Fólico  2.400 mg
    Biotina 2.500 mg
    Enxofre  20 g
    Zinco (mínimo) 5.000 mg
    L-Lisina 200 g
    Metionina 150 g
    Apresentação: Frasco de 500 g.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Oral. Dosagem individual: – Equinos e Bovinos: Administrar 10 g/dia – Potros, Pôneis e Bezerros: Administrar 5 g/dia Alterações no modo de uso a critério do Técnico especializado.

  • Cálcio Reforçado

    Cálcio Reforçado 500 ml Injetável copiar

    DESCRIÇÃO

    Cálcio injetável

    INDICAÇÕES

    Indicações de uso: Tratamento de hipocalcemias antes, durante e após o parto, e durante a lactação (nas paresias, paralisias e tetanias das pastagens). Estados alérgicos (eczemas, urticárias e choques medicamentosos), intoxicação. Osteodistrofias (osteoporose, osteofibrose, raquitismo, osteomalácia e cara inchada). Acetonemias, perturbações do metabolismo mineral e fraturas ósseas.

    FÓRMULA

    Fórmula: Cada 100 ml contém: Gliconato de Cálcio.......................................................15,38 g Glicose............................................................................7,69 g Cloreto de Magnésio......................................................2,50 g Glicerofosfato de Sódio..................................................1,50 g Veículo q.s.p..................................................................100 ml

    MODO DE USAR

    Posologia e modo de uso: Injetar por via subcutânea. Quando a dose for superior a 100ml, dividir o volume e aplicar em dois ou mais lugares. Nos casos agudos, deve ser administrada lentamente por via endovenosa, ou preferencialmente, dividir o volume prescrito, e aplicar parte endovenosa e parte subcutânea. Nos casos graves, a dose pode ser repetida 2 ou 3 vezes em 24 horas. Doses: Bovinos e equinos adultos: 150 a 250ml Bezerros, potros, ovinos, caprinos e suínos: 20 a 50ml Leitões: 2 a 10ml Apresentação: Frascos de 200 e 500 ml

  • Cicatrizantol

    Cicatrizantol 50 g copiar

    DESCRIÇÃO

    O Tratamento ideal Pomada tópica para Ruminantes.

    INDICAÇÕES

    Na profilaxia e tratamento de infecções bacterianas superficiais em ferimentos, queimaduras, úlceras e eczemas, feridas de castração e descorna, umbigo de recém-nascidos e nos cortes dos tetos.

    FÓRMULA

    Cada 10 g contém:

    Óxido de Zinco 0,4 g
    Ácido Salicílico 0,2 g
    Sulfonilamida 0,3 g
    Iodofórmio 0,25 g
    Veículo q.s.p. 10 g
    Apresentação: Bisnaga de 50 g.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Tópica. Na profilaxia e tratamento de infecções bacterianas superficiais em ferimentos, queimaduras, úlceras e eczemas, feridas de castração e descorna, umbigo de recém-nascidos e nos cortes dos tetos.

  • Citrax

    Citrax 2kg copiar

    DESCRIÇÃO

    O Cicatrizante e Antisséptico ideal para sua produção. Cicatrizante e Antisséptico.

    INDICAÇÕES

    Como cicatrizante e antisséptico das feridas cirúrgicas, provenientes de castrações, descornas, marcações, tosquias, etc. Para o tratamento do umbigo dos recém-nascidos.

    FÓRMULA

    Cada 100 g contém:

    Ácido Bórico 20 g
    Óxido de Zinco 27 g
    Excipiente q.s.p. 100 g
    Apresentação: Frasco de 200 g e 2 kg.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Tópica. Fazer o polvilhamento com Citrax na área afetada, uma vez ao dia, geralmente em dose única para profilaxia, e nos casos mais graves estender o tratamento durante 03 dias ou a critério do Médico Veterinário.

  • Cypermeit

    Cypermeit 1lt copiar

    DESCRIÇÃO

    Antiparasitário para ruminantes O controle parasitário é um desafio na maioria das criações animais. Seja em bovinos ou ovinos,  todo criador precisa de um aliado na hora de promover a eliminação dos parasitos. Cypermeit é uma opção para ajudar o produtor nesses casos.

    INDICAÇÕES

    Bovinos: Controle das infestações por Carrapatos (Boophilus microplus), e Moscas (Musca domesticaHaematobia irritans e Stomoyxs calcitrans). Auxilia no controle do Berne (Larva de Dermatobia hominis), Sarnas (Psoroptes spp) e Piolhos (Linognathus spp, Damallnia spp, Haematopinus spp e Solenoples spp).  Ovinos: Controle de Sarna (Psoroples ovis) e Piolhos (Haematopinus spp, Solenoples spp e Linognathus spp). InstalaçõesRepelente de insetos.

    FÓRMULA

    Cada 100 ml contém:

    Cipermetrina 15g
    Veículo q.s.p. 100 ml
    Apresentação: Frasco com 1 litro.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Tópica e ambiental. Banheiros de imersão: Bovinos: Carga de 1 litro do produto para cada 1000 litros de água (1:1000). Recarga: 1,5 litros do produto para cada 1000 litros de água (1,5:1000). Ovinos: Empregar a metade da dose recomendada para bovinos: (0,5:1000 para carga, 0,75:1000 para recarga). Manuseio do banheiro: Após o período de repouso, homogeneizar a calda novamente deixando passar 10 animais ou agitando-a intensamente. Estes animais deverão ser banhados novamente. Na recarga diluir o produto com igual parte da água, distribuir ao longo do banheiro e homogeneizar a calda. Repetir o banho a cada 4 a 5 semanas. Pulverização: Usar pulverizadores manuais ou mecanizados. Bovinos: Diluir 20 ml do produto em 20 litros de água. Pulverizar individualmente todo o corpo do animal até ficar molhado, com especial atenção para o espaço entre as pernas, orelhas e locais de difícil acesso. Usar de 4 a 5 litros de calda por bovino adulto. Instalações: Currais, estábulos, bezerreiros, etc. Diluir 30 ml do produto em 10 litros de água. Pulverizar todas as estruturas como pisos, tetos, paredes e corredores. Usar 1 litro da solução para cada 10 m² de superfície. Corredores de aspersão: Diluir 1 litro do produto em 1000 litros de água. Homogeneizar bem a calda, verificar se os bicos de aspersão não estão entupidos e se a cortina de líquidos é uniforme.

  • Dexfer Reforçado

    Dexfer Reforçado 50 ml copiar

    DESCRIÇÃO

    Suplementação de ferro Dexfer Reforçado é uma solução injetável pronta para uso em diversas situações em que os animais precisem de um reforço de ferro e vitamina B12.

    INDICAÇÕES

    Tratamento e profilaxia das anemias ferroprivas. Normalizar os níveis de hemoglobina nos casos de Anaplasmose e Babesiose, durante a pré-imunização para estas duas hemoparasitoses. Coadjuvante no tratamento das hemorragias, verminoses severas e infestações por carrapatos, que levem à anemia. Na prenhez, especialmente no último mês, como fonte de Ferro.

    FÓRMULA

    Cada 1 ml contém:

    Ferro Dextrano 100 mg
    Vitamina B12 50.000 mcg
    Veículo q.s.p. 1 ml
    Apresentação: Frascos com 50 ml

    MODO DE USAR

    Via de administração: Intramuscular Administrar através de injeções intramusculares profundas, após prévia assepsia da pele do local nas seguintes doses: Suínos: Leitões: 2,0 ml (200 mg de Ferro, correspondentes às suas necessidades por 35 dias, quando já estarão ingerindo o Ferro necessário através da ração) entre o 3º e o 5º dia de vida. Matrizes gestantes: 5,0 a 6,0 ml, 20 a 30 dias antes do parto. Bovinos: Bezerros: Para profilaxia, 2,0 ml na 1ª semana de vida, repetindo-se na 6a semana ou por ocasião da desverminação. Para tratamento: 5,0 a 6,0 ml em dose única. Adultos: Para tratamento, 10,0 ml em dose única. Ovinos e Caprinos:    Jovens: Para profilaxia e tratamento, 2,0 a 3,0 ml. Adultos: 5,0 a 6,0 ml. Cães e Gatos: Jovens: Para profilaxia, 0,25 a 0,5 ml na 1ª semana de vida. Para tratamento, 0,5 a 1,0 ml. Adultos: 0,5 a 1,0 ml.

  • Energysi H

    Energysi H 150 g copiar

    DESCRIÇÃO

    Suplementação para ruminantes Ruminantes podem necessitar de auxilio na manutenção de eletrolitos e energia. A suplementação de qualidade é uma ótima opção para animais nestas condições.

    INDICAÇÕES

    Energysi H é indicado para bovinos, ovinos e caprinos em casos que necessitem de suporte vitamínico ou reposição de eletrólitos e energia.

    FÓRMULA

    Composição básica: Aroma de Leite; Cloreto de Cálcio; Sulfato de Magnésio; Cloreto de Potássio; Cloreto de Sódio; Maltodextrina; Vitamina B1; Vitamina B2; Vitamina B3; Vitamina B6; Vitamina B12 e Veículo q.s.p. Níveis de garantia por kg do produto: Sódio (Mínimo) 2.500 mg Cálcio (Mínimo/Máximo) 66/ 68 mg Potássio (Mínimo) 1.000 mg Magnésio (Mínimo) 25 mg Vitamina B1 (Mínimo) 200 mg Vitamina B2 (Mínimo) 100 mg Vitamina B3 (Mínimo) 2.000 mg Vitamina B6 (Mínimo) 20 mg Vitamina B12 (Mínimo) 2.000 mcg Apresentação: Sache de 150 g e Saco de 5 kg.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Oral. Diluir 150 g do produto em 2 litros de água e fornecer à vontade durante 3 a 5 dias consecutivos. Alterações no modo de usar a critério do Técnico Especializado.

  • Enro Flec 10% Injetável

    Enro Flec 50 ml Injetável copiar

    DESCRIÇÃO

    Antibiótico intramuscular para ruminantes e suínos Enro Flec Injetável é um antibiótico intramuscular indicado para ruminantes e suínos, no tratamento de infecções causadas por bactérias Gram negativa e Gram positivas, espiroquetas e micoplasmas.

    INDICAÇÕES

    Enro Flec Injetável é indicado no tratamento de infecções em bovinos, ovinos, caprinos e suínos, causadas por bactérias Gram negativas, Gram positivas, Espiroquetas e Micoplasmas. Ensaios clínicos demonstraram a eficiência antimicrobiana da Enrofloxacina nas mastites bovinas provocadas por Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Streptococcus agalactiae, Streptococcus dysgalactia e Streptococcus beta hemolíticos. Em bezerros e suínos, para controle de enterites bacterianas e demais infecções digestivas causadas por Escherichia coli, Salmonella sp, Pasteurella sp e Treponema spNas infecções respiratórias causadas por Staphylococcus sp. Tratamento da Síndrome Metrite Mastite e Agalaxia (MMA) em matrizes suínas, causada por Escherichia coli, Enterobacter aerogenes e Klebsiella sp. Enro Flec Injetável pode também ser usado na profilaxia de infecções pós-operatórias em castrações, descornas, laparotomias e ferimentos com soluções de continuidade.

    FÓRMULA

    Composição básica: Enrofloxacina e Veiculo q.s.p. Cada 100 ml contém:

    Enrofloxacina 10 g
    Veículo q.s.p. 100 ml
    Apresentação: Frasco com 10, 50 e 500 mL.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Intramuscular. A dosagem terapêutica é de 2,5 mg do princípio ativo por kg de peso, uma vez por dia, durante três dias ou a critério do Médico Veterinário, através de injeções intramusculares. Bovinos, suínos, caprinos e ovinos: 0,5 ml para cada 20 kg de peso. Nas infecções respiratórias complicadas, aplicar 0,5 ml para cada 10 kg de peso durante cinco dias. Caso a dose seja superior a 10 ml, recomenda-se dividi-la em mais locais de aplicação.

  • Fortzolin

    Fortlozin 100 ml copiar

    DESCRIÇÃO

    Fortlozin é um antibiótico de uso profilático e para tratamento das principais doenças infecciosas de ruminantes e suínos.

    INDICAÇÕES

    Fortlozin é indicado para profilaxia e tratamento das principais doenças infecciosas que acometem os bovinos, caprinos, ovinos e suínos. Também é indicado no tratamento de apoio de Artrite Necrótica Superficial, infecções bacterianas secundárias às moléstias virais e infecções pós-operatórias em geral. Bovinos: Pneumonia: Pasteurella multocidaCorynebacterium pyogenesMycoplasma hyopneumoniae e Streptococcusspp. Pododermatite: Fusobacterium necrophorum. Mastite: Staphylococcus spp, Mycoplasma hyosynoviae, no período “seco” (não lactante). Metrite: Staphylococcus spp, Streptococcus spp e Corynebacterium pyogenes. Difteria: Spharephorus necrophorus. Suínos: Artrite: Staphylococcus spp e Mycoplasma hyosynoviae. Pneumonia: Pasteurella multocidaCorynebacterium pyogenesMycoplasma hyopneumoniae e Streptococcus spp. Erisipela: Erysipelothrix insidios. Ovinos e Caprinos: Agalaxia Contagiosa: Mycoplama agalactiae. Pleuropneumonia caprina: Mycoplasma mycoides var. capr.

    FÓRMULA

    Composição básica: Tilosina e Veiculo q.s.p. Cada 100 ml do produto contém:

    Tilosina 20 g
    Veículo q.s.p. 100 ml
    Apresentação: Frasco com 50 e 100 mL.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Intramuscular. Bovinos: Administrar 0,5 a 1,0 ml para cada 20 kg de peso ao dia, por via intramuscular profunda durante 5 dias. Suínos: Administrar 0,5 a 1,0 ml para cada 20 kg de peso ao dia, por via intramuscular profunda durante 3 dias. Ovinos e Caprinos: Administrar 1,0 ml para cada 20 kg de peso ao dia, por via intramuscular profunda durante 5 dias. Não aplicar mais que 20 ml em cada local de aplicação. Intervalos entre aplicações deve ser de 24 horas.

  • Gentamicina Vansil

    Gentamicina 100 ml Injetável copiar

    DESCRIÇÃO

    Antibioticoterapia para animais de produção O tratamento com antibióticos nos animais de produção deve ser prático, de fácil administração, com eficácia comprovada e com períodos de carência bem conhecidos e seguros. A Gentamicina Vansil reúne todas estas propriedades em um só produto.

    INDICAÇÕES

    Tratamento e controle de infecções do trato respiratório, urinário, genital e gastrointestinal, causados por Salmonella typhimurium, Pseudomonas aeruginosa, E. colli, Proteus spp, Streptococcus spp e Staphylococcus spp, que acometem os animais domésticos.

    FÓRMULA

    Cada 100 ml contém: Sulfato de Gentamicina 4 g Veículo q.s.p. 100 ml Apresentação: Frascos de 10 ml e 100 ml.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Intramuscular e Subcutânea. Administrar por via intramuscular ou subcutânea, 1 ml para cada 10 kg de peso, 2 vezes ao dia (12 em 12 horas) no primeiro dia de medicação. Nos dias subsequentes, administrar uma dose ao dia. Recomenda-se a continuidade do tratamento por um período não inferior a 48 horas após o desaparecimento dos sintomas e não exceder 7 dias de duração.

  • Glicose Vitaminada Vansil

    Glicose Vitaminada 100 ml Injetável copiar

    DESCRIÇÃO

    Suporte terapêutico para Animais de ProduçãoO Médico Veterinário que atua à campo se depara com muitas situações aonde o tratamento de suporte é parte fundamental do sucesso em suas abordagens clínicas. A Glicose Vitaminada Vansil foi desenvolvida para auxiliar este profissional a obter sucesso em sua prática diária.

    INDICAÇÕES

    Estimulante circulatório, cardíaco e diurético. Na inapetência provocada por estados infecciosos, nas desidratações orgânicas por diarreias, nas intoxicações por alimentos e produtos químicos, nos estados convulsivos de origem nervosa, nos fenômenos paralíticos e debilidades musculares.

    FÓRMULA

    Cada 10o mL contém: Glicose 4 g Vitamina C 2 g Cloridrato de Tiamina 1,0 g Veículo q.s.p. 100 mL Apresentação: Frasco de 100 mL.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Endovenosa. Aplicar exclusivamente por via endovenosa, diariamente, nas seguintes doses: Bovinos e equinos adultos: 40 a 80 mL. Bezerros e potros: 20 a 40 mL. Caprinos, ovinos, suínos adultos: 10 a 20 mL. Estas doses poderão ser elevadas até o dobro, em casos especiais sob orientação do Médico Veterinário. Prolongar o tratamento até a cura completa, sendo recomendado de 3 a 4 aplicações no mínimo.

  • Glutasil 50

    Glutasil 50 1 litro

    DESCRIÇÃO

    Glutasil 50 é um desinfetante à base de Glutaraldeído e Cloreto de Benzalcônio que garante um controle eficaz e eficiente das bactérias causadoras de doenças nas principais criações de animais.

    INDICAÇÕES

    Glutasil 50 está indicado no combate de uma grande variedade de microorganismos, em suas diversas formas de vida, potencialmente capazes de infectar e causar doenças. É eficaz contra os seguintes microorganismos: Bacillus cereus, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Penicillium expansum, Pseudomonas aeruginosa, Serratia liquefaciens, Staphylococcus aureus, Proteus vulgari e Candida albicans. Seu uso é indicado nos locais de criação de aves, suínos, bovinos, equinos, caprinos e ovinos. Também é recomendado para a desinfecção de incubatórios, equipamentos em geral, veículos de transporte, pedilúvios e rodolúvios, baias, bezerreiros, salas de ordenha, biotérios, salas de cirurgia, plataformas de recepção, etc.

    FÓRMULA

    Cada 100 mL contém:

    Glutaraldeído 42,5 mL
    Cloreto de Benzalcônio 7,5 mL
    Veículo q.s.p. 100 mL
    Apresentação: Frasco com 1 Litro, e galões com 20 e 50 Litros.

    MODO DE USAR

    Via de administração: Uso externo. Posologia e modo de uso: As doses recomendadas para o Glutasil 50 são as seguintes, sendo 1 parte do Glutasil 50 para o volume de água correspondente para cada aplicação: 1:1000 a 1:2000 Desinfecção de instalação e equipamentos. 1:2000 Pedilúvio e rodolúvio. 1:1000 a 1:1500 Pulverização de ambientes. 1:1000 Desinfecção de ovos férteis, por imersão ou pulverização. Deve-se fazer uma boa limpeza do local a ser desinfetado para remover a sujeira acumulada para depois proceder a pulverização da solução desinfetante. O ambiente (telhados, pisos, paredes), bem como equipamentos deve ser totalmente molhado com a solução, usando-se pulverizador adequado. Para desinfecção em geral, deixar secar a superfície pulverizada por pelo menos 10 minutos. Na imersão de ovos, recomenda-se deixá-los em contato com a solução desinfetante por 10 segundos, em temperatura adequada aos ovos. Quando se faz a pulverização dos ovos usar solução em temperatura compatível à do ovo.